DOSBOX: emulando o DOS

A necessidade de executar programas antigos, muito antigos, baseados em DOS, faz com que seja necessário usar um emulador chamado DOSBOX.

Neste vídeo tutorial é apresentado o programa DOSBOX e demonstrado seu uso.

 

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

TUTORIAL EM VÍDEO – Uso da Máquina Virtual

A virtualização em desktops é uma ferramenta muito útil para a utilização de aplicações de software incompatíveis com o o sistema operacional instalado na máquina do usuário.

Por exemplo, o usuário quer executar um simulador de processos que é incompatível com a versão atual do sistema operacional do usuário, Windows 10. O que fazer ? Instalar uma ferramenta de virtualização, como o Oracle VM VirtualBox.

O procedimento está descrito no tutorial em vídeo a seguir:

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Conversa com EQ – Eng. Química Tatiana Gerhke

A possibilidade de conhecer um pouco da História da Carreira de um colega ou de um futuro colega Engenheiro Químico é muito enriquecedora e inspiradora, em especial nestes tempos de “redes sociais” tão “impessoais” e de “estórias” tão perfeitas.

Conhecer um pouquinho do caminho que um Engenheiro Químico – aquele que efetivamente exerceu e exerce a profissão fora da vida acadêmica, permite observar e analisar a realidade do trajeto da carreira. Permite ter uma métrica diferente. Permite uma visão mais enriquecedora.

Peço que assistiam essa conversa informal com o interesse de saber mais sobre a sua profissão.

Um abraço para quem leu até aqui.

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

31 anos depois…

Eu vou contar um segredo: só se tem 16 anos uma vez na vida!

Com 16 anos a gente só olha para a frente. Com 47 a gente também olha para trás !!!

Hoje reencontrei muitos colegas… Colegas do meu curso Técnico … do meu ensino médio… Daquela correria boa de ter aula em dois turnos. De sair da aula 12:10 e voltar 14:20.  De pegar um ônibus , ir em casa, almoçar e voltar correndo. 

Colegas com quem vi os anos 80. Época de música diferente … De gente diferente… Época diferente.

De um Renato diferente.

Jamais imaginei nos anos 80 que ia usar um celular para redigir um post num blog na internet.

Nada disso existia para mim. 

É saudosista lembrar da turma de 1986?

 É. Assumo.

Mas feliz de quem tem raízes….E as minhas estão naquela Etfpel de 1986. 

Um abraço forte para todos os colegas.

Aqueles que revi… E aqueles que não revi… Não vai faltar oportunidade…

Um forte abraço !

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Boas práticas de segurança em plantas industriais químicas, do ponto de vista da automação.

O material de apoio à aula de “Boas práticas de segurança em plantas industriais química, do ponto de vista da automação” está aqui para download.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

CAPQI – Modelagem Matemática – 2017

O material usado como apoio as aulas de modelagem matemática encontra-se disponível aqui para download.

Não se esqueça de baixar os capítulos 3 e 4 do livro  Modeling and simulation in chemical engineering – Roger G. E. Franks

Para ter acesso aos capítulos mencionados, leia esse outro post. 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Aula de Introdução à Modelagem em Controle de Processos Químicos

Atenção estudantes de CAPQ I – 2017 – aqui está o material introdutório de modelagem matemática.

Rdpf's Weblog

No link abaixo estão os slides referentes a aula de 6 de março de 2012 da disciplina de Instrumentação e Controle de Processos Químicos.

https://www.dropbox.com/s/fahxntj7u8bqs28/introdu%C3%A7%C3%A3o_modelagem_em_controle_de_processos_qu%C3%ADmicos.pdf?dl=0

Ver o post original

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Cabeça de Fósforo.

A síndrome de burnout é definida como processo progressivo de exaustão emocional e perda do interesse profissional,  em virtude de um período prolongado de exposição a
elevados níveis de estresse, decorrentes de situações de trabalho, associado a três fatores multidimensionais: exaustão emocional, despersonalização e reduzida realização profissional. (Barlem, J. G.T. e colaboradores, 2014).

Esses fatores multidimensionais estão presentes, com toda a certeza na realidade estudantil e na realidade de atuação dos professores, mesmo dentro os professores
melhor remunerados: os professores universitários federais.

Na realidade estudantil, universitária – a que eu tenho contato profissional, a síndrome de burnout guarda uma proximidade com problemas do espectro psicológico que vão desde a não adaptação social, passando pelo isolamento, chegando à depressão e suas terríveis consequências.

Na realidade dos professores, a síndrome de burnout pode se vincular aos mesmos aspectos já mencionados na realidade estudantil, mas  engloba outros, como por exemplo, a identificação com a realidade dos estudantes –  afinal é mais fácil identificar o burnout alheio do que o próprio burnout pessoal.

Em uma análise superficial pode parecer estranho que o professor universitário federal, dentre os professores o melhor remunerado de todos, seja sujeito de uma reduzida realização profissional.

A reduzida realização profissional está associada com a identificação de que os estudantes não conseguem “APREENDER” tanta coisa efetivamente.
A ideia de que se “ENSINA”/”APREENDE” é ilusória.
Os estudantes lembram muito pouca coisa que foi trabalhado/apresentado/”discutido” /”ensinado”/”transmitido” em sala de aula.

Talvez seja porque o ensino/aprendizado não seja “significativo”?
Pode ser e provavelmente seja, mas não é só isso.

Observa-se a ocorrência de descomprometimento generalizado com o ENSINO/APRENDIZAGEM no Ensino de Graduação. Viva a realidade universitária e saberás que assim o é !

Isso  impacta na eficiência do processo “ENSINO/APRENDIZAGEM”, o  que colabora para a síndrome de burnout simultânea de reais “APRENDENTES” e reais “ENSINANTES”.

Também, além desse sentimento de “inépcia” professoral, a reduzida realização profissional para o professor universitário está associada com a realidade do local de trabalho, absurdamente desumanizado e sintético.
Ambiente onde, por exemplo, a história de vida e profissional não contam, nem para a instituição, nem para os colegas, nem para os estudantes, muito menos para o trabalho, nem para o salário!

Do mesmo burnout que os estudantes sofrem, os professores também sofrem.

Uma das válvulas de alívio, para usar um termo de engenharia, envolve o uso de drogas – lícitas e/ou ilícitas.

Isso a curto prazo tem um efeito suavizante enganador. A médio e longo prazo tem um efeito destrutivo. É o efeito da adaptação à dose.

Cada vez a pessoa precisa de mais droga para ter um efeito parecido. Mesmo que seja o álcool, tão aceito pela nossa sociedade atual.
Pode ser comida, pode ser sono, pode ser desinteresse, pode ser álcool, pode ser tristeza,  pode ser trabalho… demais faz muito mal !!!

E assim acabará mais um ano na universidade: todos os sujeitos da educação esgotados.
E o que ficou? O que permaneceu?
Só o sentimento de ser um “fósforo queimado”? Em “burnout”?

Um abraço, para quem leu até aqui, só para quem leu.

 

(*) BARLEM, J.G.T – et. alii – http://www.scielo.br/pdf/rlae/2014nahead/pt_0104-1169-rlae-3254-2498.pdf

 

 

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Oportunidade de Estágio para Engenharia Química

estágio_refinaria

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Enunciado Trabalho EBQ – 2B – 2017

Baixe o simulador PICLES no blog rdpf.wordpress.com. Para usá-lo, é necessário usar o emulador DOSBOX.  Use o módulo do simulador do __(sorteado em aula)___________, identifique a dinâmica do processo, através da curva de resposta dinâmica do processo à perturbação degrau. De posse dos parâmetros ganho do processo, constante de tempo e atraso de tempo, use a sintonia em malha aberta por COHEN-COON, para sintonizar controlador regulatório em estratégia feedback com lei ____(sorteada em aula)________________ .  Determine o desempenho pelos índices apropriados.  Elabore um memorial descritivo, em PDF, com o relato de todas as tarefas realizadas. Monte uma apresentação em vídeo, de no máximo 14 minutos e mínimo de 10 minutos, usando recursos de multimídia (Picles, Powerpoint, etc) explicando a ferramenta desenvolvida, a metodologia, o procedimento de sintonia, etc.  Submeta ao professor, por email, até a hora e a data acordadas em aula (12/12/2017 as 23h59, impreterivelmente).

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário